Transporte Público mais Rápido

Sugestão para o Metrô:

Ideia básica (hipotética):

Uma linha de metrô tem 20 km com 20 estações – cada estação tem 132 m de extensão – cada trem tem 6 carros com 22 metros cada.

Teoricamente só de espaço das 20 estações é 2.640 metros no total – a extensão da linha 20.000 m – sobram 17.360 metros.

Entre uma estação e outra é menor que 850 metros.

A composição tem que dar a partida com velocidade ZERO até atingir uma velocidade ideal 60 km/h, tem que parar, pois, está chegando à outra estação.  Assim sendo, a velocidade média é de menos que 30 km/h.

Considerando-se que a nossa linha, imaginária, não tem cruzamentos ou obstáculos, essa velocidade é muito pequena para uma cidade que corre contra o tempo.

O que Você acha se as nossas estações forem enumeradas de 1 a 20 na ida e na volta também de 1 a 20.

Cada partida inicial do ponto de vista Bairro / Centro – um trem com a indicação no painel frontal a informação PAR.

O trem seguinte com a informação IMPAR.

O primeiro trem com informação PAR – para somente nas estações PARES, a partir do ponto inicial na Segunda Estação, assim sucessivamente até no final da linha.

O segundo trem com informação IMPAR – para somente nas estações IMPARES, a partir do ponto inicial na Terceira Estação e assim sucessivamente até o final da linha.

No sentido contrário, Centro / Bairro, a numeração também seria de 1 a 20 – iniciando a viagem da mesma forma como anteriormente.

Com essa sugestão, haverá mais distancia entre uma estação e outra de parada, consequentemente o trem poderá desenvolver maior velocidade, encurtando o tempo da viagem. 

Um abraço.

Jayme Pereira da Silva

jaymensagens@globo.com

São Paulo, 24/maio/2013 – 5h30