São Paulo, (quinta-feira) 26 de abril de 2018.

Á

SECRETARIA MUNICIPAL DE TRANSPORTES – SMT

smtcel@prefeitura.sp.gov.br – a/c Sr. Marcelo José Brandão Machado

 

São Paulo Transportes S. A. – SPTRANS

Gabinete.presidencia@sptrans.com.br – a/c Sr. José Carlos Nunes Martinelli

 

Prezados Senhores:

Novamente estou apresentando sugestões, apesar do encerramento do prazo das propostas da população no último dia 5 de março.

A experiência mostra que para fazer uma alteração no transporte público, no porte da “Licitação” da Secretaria Municipal de Transportes – SMT, deveria se preocupar com o bem-estar da população na melhoria dos atendimentos atuais nos terminais permanentes.

Estive hoje no Terminal Vila Iório para embarcar às 7h20 na Linha 199D/10 Vila Iório  / Terminal Pinheiros, entrei no carro já lotado, aguardando o tempo da partida, no ponto já estava uma fila que poderia lotar outro carro. Nos primeiros pontos até a Lapa, alguns passageiros ainda conseguiam entrar nesse ônibus. Esse é apenas um exemplo que acontece em outros lugares de São Paulo diariamente.

Nessa linha como exemplo, os intervalos nesse período são de 8 (oito) minutos, como solução os intervalos deveriam ser menores, visto que a necessidade é grande e o subir e descer do coletivo perde-se muito tempo com passageiros “atolados” antes da porta de saída.

Também como sugestões de linhas circulares curtas, facilitam o deslocamento dos passageiros como exemplos as Linhas 1026 Vila Iara / Conexão Petrônio Portela e 1034 Vila Iara / Conexão Vila Iório, são duas linhas com percurso de 15 minutos cada meia volta, que poderia fazer apenas um relatório cada linha, sem prejuízo dos passageiros.

A população está crescendo e os “técnicos” querem diminuir a circulação de ônibus nas ruas, a exclusividade de itinerários vai beneficiar somente os empresários, não à população, por isso a malha viária deverá ser expandida para oferecer mais opções e mais empregos.

O transporte público não é luxo para a população, é uma necessidade diária, precisamos de menos intervalos entre as partidas, com isso teremos mais ônibus com menos lotação de passageiros nos pontos e nos ônibus, havendo mais segurança, haverá mais usuários.

Sugerimos que as alterações sejam “regionalizadas” para atendimentos específicos.

Atenciosamente,

Jayme Pereira da Silva

jaymensagens@globo.com

www.jaymesilva.com.br