São Paulo, 01 de Setembro de 2017.

À

São Paulo Transportes - SPTRANS

gabinete.presidencia@sptrans.com.br

Chefia de Gabinete da Presidência

 Prezados Senhores:

 Agradeço o retorno do meu e-mail de 07/agosto/2017.

 A argumentação em termos de legislação é excelente, mas, na realidade é bem diferente ao exposto por V.Sas. na atual situação dos estudantes, principalmente nas periferias da nossa cidade de São Paulo.

Na minha ótica, com todo o respeito, a portaria 125/17 – SMT.GAB, foi idealizada por uma comissão, que tem por objetivo o “lucro” de uma empresa que deve gerar riqueza para o seu “patrão”, mas, a SPTRANS é uma organização que deve se preocupar com a parte social, onde os passageiros paga pela utilização da sua condução, entre outros objetivos.

Hoje, a maioria dos estudantes é obrigada a frequentar escolas distantes de suas residências, consequentemente, os gastos são enormes para as famílias mais pobres.

Os estudantes são obrigados, por ineficiência da administração pública, sujeitarem aos perigos de locomoção.

O transporte público é uma necessidade diária, não podendo ser considerada como fonte de lucro para os cofres municipais.

Espero que o nosso apelo ajude melhorar a situação das famílias mais carentes da nossa cidade.

Atenciosamente,

Jayme Pereira da Silva

jaymensagens@globo.com