São Paulo, 29 de Janeiro de 2018.

Pedro Santos
Assessoria Técnica

Diretoria de Operações
pedro.santos@sptrans.com.br

 

Fabio Ramos da Silva
Assessoria de Articulação Comunitária

SÃO PAULO TRANSPORTE S. A. – SPTRANS

 

Prezados Senhores:

 

Agradeço o retorno ao nosso pedido de três pontos de parada de ônibus na Rua Rio Verde – Vila Bonilha – São Paulo – SP.

 

Abaixo a transcrição do DO/AST de 10/01/18 para SPE/APA – Pto/Abrigo de 23/01/18:

INFORMAMOS QUE NO TRECHO CITADO DA RUA RIO VERDE ESTÃO INSTALADOS PONTOS DE PARADA NOS NUMEROS 1762 E 1799 E N.ºS 2116 E 2191, E QUE A DISTANCIA ENTRE ESSES DOIS PARES DE PONTOS É DE APROXIMADAMENTE 320 METROS, E ESTA DE ACORDO COM NORMA TÉCNICA VIGENTE. A IMPLANTAÇÃO DE PONTOS DE PARADA ENTRE ESSES DOIS PARES CAUSARIA PROBLEMAS OPERACIONAIS NA CIRCULAÇÃO DOS VEÍCULOS. NÃO RECOMENDAMOS A IMPLANTAÇÃO DE PONTOS DE PARADA NO TRECHO.

Será que a matemática mudou?

Do número 1762 até 2116 = é 354 metros

Do número 1799 até 2191 = é 392 metros

Num local de ladeira íngreme, não concordamos que seja 320 metros.

Sugeri à Comissão Especial de Licitação no dia 24/12/2017 que a Norma Técnica da SPTRANS deveria ser regionalizada. A nossa região é diferente de outras regiões, um parâmetro de distância entre pontos de 320 metros não significa grande diferença, numa área plana, mas, num local de muitas ladeiras faz muita diferença.

Outra observação do ponto 2116 da Rua Rio Verde até o próximo ponto 2672 da Avenida Paula Ferreira tem mais de 524 metros, ficando bem além da norma técnica vigente.

Sptrans no comunicado recebido: Informamos que no trecho citado já encontra instalados pontos de parada e a distância entre eles é de aproximadamente 320 metros, estando de acordo com a norma técnica vigente, sendo assim não recomendamos a implantação de novos pontos de parada. (Essa informação não é correta)

Sugerimos que reconsiderem a necessidade dos moradores e o melhor aproveitamento do transporte público em nossa região.

Atenciosamente,

Jayme Pereira da Silva