Promessas Políticas Eleitoreiras

22/11/2016 - Prefeitura suspende obras de hospital e UPA

Unidades deveriam ter sido entregues, mas estão com andamento das construções paralisado

Desde o fim de outubro/2016, após resultado das eleições municipais, as obras do Hospital Municipal de Parelheiros, na Zona Sul,  estão paralisadas. E a construção de uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no mesmo bairro está parada desde o início do julho/2016.

Canteiro para nova unidade na Brasilândia está às moscas

Na Zona Norte, outro hospital municipal prometido por Haddad e com inauguração prevista para o segundo semestre de 2016 também está com o canteiro de obras às moscas.

RESPOSTA DA PREFEITURA: Conflito de informações: Em nota, a Prefeitura informou que “localizou terreno, fez projetos básico e executivo e licitou as obras dos hospitais municipais de Parelheiros e Brasilândia”, mas que havia um repasse previsto do governo federal de R$ 150 milhões, pelo PAC. Os ministérios da Saúde e das Cidades informaram que não há programação de repasses nas pastas para a obra do hospital de Parelheiros.

21/11/2016 - Por falta de grana, obra de hospital da Brasilândia para

As obras do Hospital Municipal da Brasilândia (zona norte) estão paradas há cerca de um mês por falta de verba.

20/11/2016 - Obras do Hospital da Brasilândia, na Zona Norte de SP, são suspensas

A Prefeitura de São Paulo diz que suspensão é temporária. Gestores aguardam transferência de recursos.

Iniciadas em 2015, as obras do Hospital Municipal de Vila Brasilândia estão paralisadas há cerca de duas semanas. Na tarde de quinta-feira (17/11/2016), não havia operários no canteiro de obras e nem movimentação de máquinas. Moradores do bairro contaram que nâo vêem movimento há dias.

18/07/2016 - Obras de novo hospital em Brasilândia começam. As promessas de Haddad

Hospital da Brasilândia: sonho de 20 anos ficará para próxima gestão

Um sonho vem tomando forma em um canteiro de obras no Jardim Maristela, zona norte da capital. Trata-se do Hospital Municipal da Brasilândia, reivindicado por 20 anos pelos moradores da região e que está sendo construído no local.

Concluída Fase de Fundações e Alicerces do Hospital da Brasilândia

22/11/2015 - Fernando Haddad abre cofre para ter hospital - Prefeito determina aumento de 11% no orçamento da saúde, passando de R$ 8,5 bi para R$ 9,4 bi em 2016

Zona Sul é a região com menor oferta de vagas

SAIU NO DIÁRIO: Só problemas

Na semana em que Alexandre Padilha assumiu a pasta de Saúde Municipal, o DIÁRIO listou as “batatas quentes” que ele teria de segurar no último ano de mandato do prefeito Fernando Haddad. A reportagem mostrou como estava a obra do Hospital da Brasilândia, com entrega prevista para 2017

19/08/2015 - Unidade na Vila Matilde vai ser demolida

Além de construir os hospitais Parelheiros, Brasilândia e Vila Santa Catarina, Fernando Haddad planeja demolir, até o fim deste ano, o Hospital Alexandre Zaio, na Vila Matilde, Zona Leste. O terreno dará lugar a um novo hospital com 150 leitos de internação.

Maternidade na Zona Leste foi comprada

Em outubro/2014, a Prefeitura anunciou também a compra da maternidade Menino Jesus, em Ermelino Matarazzo, na Zona Leste, mas até agora não há  projeto para a abertura do centro médico. Uma parceria com os governos estadual e federal chegou a ser cogitada.

De olho na sua saúde

A falta de leitos em hospitais públicos resulta nas cenas corriqueiras de pacientes acomodados em locais inadequados, como  em macas nos corredores da maioria dos prontos-socorros

RESPOSTAS DA PREFEITURA E DO MINISTÉRIO DA SAÚDE: Verba do PAC

Questionada sobre o repasse de verbas do governo federal para a construção do Hospital de Parelheiros, a Secretaria Municipal de Saúde afirmou que a unidade foi contemplada no PAC, mas a Prefeitura aguarda o repasse do Ministério das Cidades. Segundo a pasta, os 23% da obra foram feitos com verba integral do Tesouro municipal. Em resposta, o Ministério das Cidades não explicou os motivos para não ter enviado qualquer valor à Prefeitura neste ano. Quanto ao restante do orçamento, o governo federal  se limitou a dizer que o orçamento do PAC de 2016 ainda deverá ser aprovado.

19/09/2015 - Prefeitura inicia as obras do Hospital da Brasilândia

A Prefeitura de São Paulo iniciou na tarde deste sábado (19/09/2015) as obras para a construção do Hospital Municipal da Vila Brasilândia, na zona norte. A chegada do equipamento de saúde é um pleito de mais de 20 anos dos moradores da região. O hospital deve começar a funcionar de forma gradativa a partir do final de 2016. Além de beneficiar mais de 410 mil habitantes da Brasilândia, ele deverá atender cerca de 2 milhões de pessoas por mês, desafogando unidades de saúde de toda a zona norte.

 

As informações acima são algumas das muitas matérias veículadas em nossa região que tenho colecionado ao longo dos últimos cinco anos.

Em todas as eleições é a mesma coisa, as propagandas políticas não mudam de conteúdo, sempre que vemos um candidato já experiente na política, com alguns anos de executivo, diz que tem a solução para os problemas da habitação, abastecimento, transporte, escolar, cultural, trânsito, asfalto, emprego, regularização das moradias, das creches e abrigos de idosos, pichação, racial, religioso, administrativos e judiciários e muitos outros problemas que temos. Por que não fez quando estava no exercício do seu mandato? Esses candidatos conhecem a Brasilândia somente em épocas de eleição ou quando há alguma festividade para distribuir seu material publicitário para as próximas eleições, quando não é apenas nas vésperas das eleições.

Quando o canditato é novo, e não mora na região, geralmente escolhe um morador para fazer os contatos. Não conhece os nossos problemas, mas, promete que vai solucionar todos os erros cometidos nas administrações anteriores. Depois só aparece em outras ocasiões. Esquece os compromissos políticos.

Não quero desanimar os candidatos que estejam procurando uma oportunidade para melhorar a nossa cidade de São Paulo, tenho vários amigos que estão concorrendo a uma vaga para a vereança, desejo muita sorte. Veja o nosso Currículo Comunitário onde temos um trabalho modesto na nossa cidade de São Paulo.

 

Jayme Pereira da Silva

jaymensagens@globo.com


     São Paulo - SP - (Brasilândia),