Reunião na quadra esportiva da Escola Estadual Cacilda Becker – 30/jan/2013 – Lançamento do Edital de concorrência internacional da Linha 6 Laranja.

Fotos: Portal ZNnaLinha

Fonte: http://www.znnalinha.com.br/brasilandia/html/laranja.html

LINHA 6 DO METRÔ:
MAIS UM PASSO DA LONGA CAMINHADA

E.E. Cacilda Becker, Brasilandia - 30/Jan/2013

Cerca de 300 pessoas foram à Escola Estadual Cacilda Becker, na Brasilândia, para ouvir o governador anunciar mais um passo na caminhada da Linha 6 do metrô: o lançamento do edital da obra. A promessa da vez é que as obras comecem no 1º semestre de 2014. Isso se tudo tramitar normalmente.


Governador Alckmin anuncia o edital da obra da linha 6 - Laranja.
(vista parcial do público presente na manhã de quarta-feira chuvosa)

 

Trata-se de uma obra complexa, o que é agravado por ser uma PPP - Parceria Público Privada, em que o setor empresarial vai entrar com metade do valor do investimento, de R$ 7,8 bilhões. Os contratos são minuciosos. Porém, igualmente grande é o flagelo da população, que diariamente sofre para ultrapassar os gargalos viários da região. 

Em Maio/2008, há quase cinco anos, em concorrido evento na Freguesia do Ó, o então prefeito Kassab entregou um cheque de R$ 75 milhões ao então governador Serra, como apoio da prefeitura à obra. (Clique AQUI e veja a matéria no ZN na Linha). Naquela época existia a previsão da obra iniciar no 1º semestre de 2010. Três anos depois, só agora o edital foi lançado. 

Prof. João Mota, um dos coordenadores do Fórum Pró- Metrô Freguesia, lembra que o movimento vai completar 10 anos. "Eu acho que tudo isso poderia ter acontecido antes, mas fazer um metrô não é como fazer pão, é preciso muito critério". Sobre o benefício da Linha 6, João Mota diz que a obra "vai resolver 60% do problema de mobilidade da região". Jayme Pereira da Silva, o diácono Benedito Camargo, da igreja matriz N. S. do Ó, e o advogado Carlos Garnica foram alguns dos membros do Fórum Pró-Metrô presentes ao evento.

 

“Na luta Pró-Metrô não queremos Mérito, queremos METRÔ!

Jayme Pereira da Silva – 06/fev/2013


Alguns dos membros do Fórum Pró-Metrô Freguesia, que vai completar 10 anos.

Nessa foto: Jayme Pereira da Silva, Eng. José Geraldo Baião, Prof. João Ferreira da Mota,
Dr. Carlos Garnica, Diácono Benedito Camargo e o Jornalista Waldir dos Santos do Jornal Rapidix

 

A linha 6 Laranja terá 15,9 km de extensão e 15 estações, da Brasilândia até a estação São Joaquim, sendo totalmente subterrânea e atravessando diversos tipos de relevo e de solo, tornando-se um grande desafio técnico. O governo do Estado anuncia que pretende concluir a obra em 2020. 

Minudências:

@ As 15 estações programadas para a linha 6 - Laranja são: Brasilândia, V. Cardoso, Itaberaba, João Paulo I, Freguesia do Ó, Santa Marina, Água Branca, SESC Pompéia, Perdizes, PUC/ Cardoso de Almeida, Angélica/ Pacaembu, Higienópolis/ Mackenzie, 14 Bis, Bela Vista e São Joaquim.

@ Ela é conhecida como "linha das universidades", por passar por UNIP, Uninove, PUC, FAAP, Mackenzie e FMU.

@ Ao passar sob o rio Tietê, o metrô atingirá o ponto mais baixo de seu trajeto, com 680 metros. Na Brasilândia estará a 760 metros, uma diferença de 80 metros, equivalente a um prédio de 25 andares.

@ O morador Paulo Pacheco, 23 anos, diz que perde duas horas para ir da Brasilândia à Av. Paulista, atravessando os gargalos da av. Itaberaba, do largo do Clipper e da av. Santa Marina.

@ Presentes ao evento, além do governador Geraldo Alckmin, o senador Aloysio Nunes Ferreira Filho, os vereadores Claudinho de Souza e Dr. Paulo Frange, os deputados estaduais Celino Cardoso e Marcos Zerbini, e os secretários estaduais dos Transportes Metropolitanos Eng. Jurandir Fernando Ribeiro Fernandes e do Planejamento e Desenvolvimento Regional Eng. Julio Semeghini.

@ Foram anunciados os estudos para posteriormente estender essa linha da Brasilândia até Pirituba e a Rodovia dos Bandeirantes. Ela serviria ao novo centro de exposições previsto para ser construído em Pirituba.

@ O traçado dessa linha 6 - Laranja sofreu diversas alterações ao longo do tempo. Clique AQUI para ver uma curiosa proposta lançada "oficialmente" no Centro Cultural da Juventude, em 2008, que faria dessa linha a primeira a ter o formado de "Y" no Brasil. 

 

Extraído e Adaptado do Portal ZNnaLinha – 22/fev/2013 – 20h15

“Na luta Pró-Metrô não queremos Mérito, queremos METRÔ!

Jayme Pereira da Silva – 06/fev/2013


Vista parcial do auditório