Abuso da Liberdade

 

     Ultimamente vimos nos noticiários, que muitos assaltos e outros delitos, são praticados por motoqueiros nas grandes cidades.

     Esses indivíduos não se intimidam com a presença da Polícia Militar nas ruas e avenidas, a qualquer momento.

     Geralmente cometem os delitos e se escondem, na maioria das vezes nas comunidades.

     Eles transformam as ruas e avenidas em trilhas e pistas de corrida, praticando esportes radicais em plena luz do dia, desafiando as autoridades de trânsito e os moradores da nossa cidade de São Paulo.

     Além de perturbarem a população com suas motos possantes e barulhentas, prejudicam a tranquilidade dos moradores, que não conseguem anotar as placas, pois, a ação é muito rápida e não vemos a cor da moto.

     A impressão que temos é que eles passam por dentro da nossa casa, tal é o terror que transmitem.

     Muitos são disfarçados de entregadores de encomendas e prestadores de serviços em geral.

     Quando há apreensão da Polícia Militar de grupos dessas motos, a região volta a tranquilidade, por alguns dias.

     A mesma situação é com os carros de som, que perturbam os bairros, geralmente no período noturno, com equipamentos potentes que são capazes de desarmar alarmes de residências e automóveis nas garagens.

     Sugerimos que haja maior rigor na fiscalização desses veículos, que são utilizados nas práticas criminosas e poderiam ser afastados da circulação e da sociedade.

     Não somos contra a aquisição de veículos para os deslocamentos rápidos, mas, não podemos concordar com o abuso da liberdade que temos.

     São Paulo - SP - (Brasilândia),

 

Jayme Pereira da Silva

RG 6.972.745-4